Publicado em 7/02/2018 as 1:00pm

Indocumentado mata jogador e Trump apela por uma reforma capaz de banir todos os imigrantes

O presidente Donald Trump fez duros comentários o início da manhã desta terça-feira (06)...

Indocumentado mata jogador e Trump apela por uma reforma capaz de banir todos os imigrantes Morte de Jackson é usada por Trump para pedir reforma dura contra imigrantes.

O presidente Donald Trump fez duros comentários o início da manhã desta terça-feira (06) contra a comunidade imigrantes nos Estados Unidos. Ele aproveitou o assassinato do jogador de Colts, Edwin Jackson, que morreu pelas mãos de um latino indocumentado para pressionar os democratas a aprovarem a lei de imigração.

Através de sua conta no Twitter, que é seguida por 47,5 milhões de pessoas, o presidente escreveu: "Tão embaraçoso que uma pessoa ilegal em nosso país matou o jogador do Colts, Edwin Jackson. Esta é apenas uma das muitas tragédias que evitáveis. Devemos conseguir que os democratas sejam duros na fronteira e com a imigração ilegal, rápido!"

No dia 4 de fevereiro, Jackson, o jogador dos Colts, morreu em Indiana depois de ser atropelado momentos após ter saído de um Uber. De acordo com as autoridades, o principal suspeito é o imigrante Manuel Orrego-Savala, originalmente da Guatemala, que foi deportado duas vezes e estava embriagado no dia do acidente.

Este caso foi usado por Trump para defender o seu projeto, embora o Congresso mantenha o orçamento suspenso, condicionou-se a estabelecer uma reforma que proteja os "Dreamers".

Em outra publicação no Twitter, o presidente disse: "Minhas orações e meus melhores desejos estão com a família de Edwin Jackson, um jovem maravilhoso cuja vida foi tão absurdamente ceifada. @Colts".

Em Twitter, Trump pede urgência na reforma e proteção na fronteira.

 

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News