Chegou o Classificado do Brazilian Times. Divulgue ou busque produtos e serviços agora mesmo!

Acessar os Classificados

Publicado em 19/09/2018 as 4:00pm

Imigrante indocumentado é acusado de matar, a facada, adolescente em NJ

Um imigrante de New Jersey acusado de ser o suspeito de um esfaqueamento que matou uma...

Um imigrante de New Jersey acusado de ser o suspeito de um esfaqueamento que matou uma adolescente de 16 anos de idade vive nos Estados Unidos ilegalmente.

De acordo com as informações, Bryan Cordero-Castro, 20, foi indiciado por assassinato, porte ilegal de arma e tentativa de fuga e conexão com a morte de Madison Wells.

Bryan é natural da Guatemala e vivia ilegalmente nos EUA após ultrapassar o prazo do seu Visto, de acordo com a Asbury Park Press.

Amigos disseram que o suspeito e a vítima estavam namorando há cerca de um ano.

Um amigo descreveu o casal como sendo "inseparável".

"Eles costumavam sair todos os dias", disse Hafett Barrates, de 18 anos. Barrates acrescentou que não sabia o que poderia ter levado ao esfaqueamento.

Wells, uma nativa de Long Branch, morou por um tempo na Flórida antes de se mudar de volta para New Jersey, em 2014. Ela estava apenas iniciando seu primeiro ano na Long Branch High School na época de sua morte.

Wells foi esfaqueada, mas estava viva quando foi encontrada por agentes da Polícia de Long Branch que responderam a um chamado de esfaqueamento, na noite de sábado, dia 15.

Ela foi levada para o Monmouth Medical Center, onde morreu cerca de uma hora depois, segundo a polícia.

Fonte: Redação - Brazilian Times