Chegou o Classificado do Brazilian Times. Divulgue ou busque produtos e serviços agora mesmo!

Acessar os Classificados

Publicado em 5/12/2018 as 6:00pm

Governador de MA quer afastar juíza acusada de ajudar imigrante a fugir do ICE

O governador de Massachusetts, Charlie Baker, quer que uma juíza nomeada por ele fique afastada...

Governador de MA quer afastar juíza acusada de ajudar imigrante a fugir do ICE Governador Baker diz que juíza n∆o pode ficar em posição de atrapalhar as investigações

O governador de Massachusetts, Charlie Baker, quer que uma juíza nomeada por ele fique afastada dos trabalhos enquanto acontece uma investigação federal sobre se ela e outros funcionários do tribunal ajudaram um imigrante indocumentado a fugir de autoridades de imigração

O governador republicano disse na segunda-feira (03) que a juíza do Tribunal Distrital, Shelley Joseph, não deve ouvir casos criminais até que a investigação seja resolvida.

"Os juízes não devem estar em uma posição que pode obstruir a justiça", disse ele a repórteres na State House. "Eu acho que esta história, como atualmente é apresentada, é extremamente preocupante".

O Boston Globe informou no domingo (02) que um júri federal está considerando se Joseph e outros funcionários infringiram a lei para ajudar Jose Medina-Perez a deixar o Tribunal de Newton após uma audiência em abril. O imigrante, além de estar ilegal no país, respondia por posse de drogas e um mandado por dirigir embriagado na Pensilvânia.

Um agente de imigração estava no tribunal para deter Medina-Perez após o processo, mas o réu foi solto e saiu por uma porta dos fundos.

Medina-Perez disse à polícia durante sua mais recente prisão que ele é um cidadão norte-americano de 36 anos, mas as autoridades de imigração afirmam que seu nome verdadeiro é Oscar Manuel Peguero, de 38 anos, da República Dominicana, e já foi deportado duas vezes.

De acordo com informações Joseph estava ciente de que Medina-Perez seria detido por funcionários do ICE após a audiência e pareceu discutir maneiras de impedir que isso acontecesse.

"O ICE vai pegá-lo", disse Joseph ao promotor público e ao advogado de Medina-Perez durante uma discussão parcialmente capturada pelo gravador de áudio do tribunal. O juiz acabou instruindo que gravador fosse desligado por um breve período.

Newton está entre as várias comunidades de Massachusetts que se declararam “cidades-santuário” que limitam sua cooperação e ajuda aos agentes do Departamento de Imigração.

Os tribunais de justiça de Massachusetts também exigem que os funcionários do tribunal não ajudem e nem prejudiquem os agentes federais e que todas as sessões do tribunal sejam registradas.

Joseph e autoridades judiciais estaduais se recusaram a comentar o assunto.

O escritório do Procurador dos EUA, o ICE e o advogado de Medina-Pérez também não responderam à imprensa.

Baker nomeou Joseph para o tribunal estadual no ano passado depois de uma carreira como Promotora e depois como advogada de defesa.

Fonte: Redação - Brazilian Times