Chegou o Classificado do Brazilian Times. Divulgue ou busque produtos e serviços agora mesmo!

Acessar os Classificados

Publicado em 9/01/2019 as 3:00pm

Trump planeja visita a fronteira dos EUA com o México

A administração de Donald Trump informou que o presidente planeja visitar a fronteira ao lado...

Trump planeja visita a fronteira dos EUA com o México Trump parou o Governo até conseguir acordo sobre construção do muro

A administração de Donald Trump informou que o presidente planeja visitar a fronteira ao lado sul dos Estados Unidos, onde ela faz divisa com o México. De acordo com as informações, isso ocorrerá nesta quinta-feira, dia 10, e acontece em meio a paralisação do Governo Federal, desencadeada após um pedido do Republicano por recursos para construir o muro separando os dois países.

Trump ainda não deu nenhum sinal de que vai recuar de sua posição e garante que o Governo permanecerá parado até que a verba seja liberada. Do outro lado, os democratas continuam firmes e não aceitam a liberação. A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, disse que a construção no muro é “imoral”.

A porta-voz da Casa Branca, Sara Sanders, escreveu, nesta segunda-feira, uma publicação no Twitter que “O presidente @realDonaldTrump visitará a fronteira sul na quinta-feira para encontrar aqueles que estão na linha de frente da segurança nacional e de crises humanitárias”.

Sanders acrescentou que os detalhes desta visita serão anunciados em breve.

Desde o dia 22 de dezembro, boa parte do governo dos EUA foi paralisado, após surgir um impasse entre os legisladores e o presidente em relação à exigência de Trump de recursos para construir um muro ao longo da fronteira. Ele disse que alguns departamentos permanecerão paralisados até que os deputados e senadores incluam no orçamento recursos para ajudar na construção.

Desde então, cerca de 800 mil funcionários do governo estão de licença, ou trabalhando sem salário.

Como sempre se manteve firme em suas decisões, no domingo, Trump prometeu não ceder em sua exigência, mas disse que o muro poderia ser construído de ferro ao invés de concreto, como uma potencial concessão a democratas que se recusam a financiar a proposta.

O presidente explica que o muro é necessário para manter a segurança nacional e tem buscado ligar o terrorismo à imigração ilegal, sem fornecer evidências, como justificativa para o plano.

Fonte: Redação - Brazilian Times