Publicado em 12/08/2008 as 12:00am

Casa de brasileira é a mais cara do mundo

A casa da brasileira Lily Safra, viúva do ex-banqueiro Edmond Safra, situada na Côte d'Azur, no sul da França, foi vendida por 500 milhões euros (cerca de R$ 1,2 bilhão) a um bilionário russo

A casa da brasileira Lily Safra, viúva do ex-banqueiro Edmond Safra, situada na Côte d'Azur, no sul da França, foi vendida por 500 milhões euros (cerca de R$ 1,2 bilhão) a um bilionário russo. O montante foi o mais alto já pago até hoje em uma transação imobiliária de alto luxo.

Até então, o valor mais alto pago por uma propriedade era de 147,28 milhões de euros (R$ 355 milhões), desembolsados no ano passado por Lakshmi Mittal, dono do grupo siderúrgico ArcelorMittal, para comprar uma residência em Londres.

Situada em uma colina de Villefranche-sur-Mer, entre Nice e Mônaco, a Vila Leopoldina, como a casa é chamada, foi construída no estilo Belle Époque e ocupa um terreno de oito hectares (80 mil M²). O espaço ainda inclui um jardim com 1,2 mil oliveiras, além de outras árvores como limoeiros e laranjeiras.

Cerca de 50 jardineiros trabalham diariamente no local, que possui uma vista privilegiada do balneário de Saint-Jean-Cap-Ferrat, um dos mais sofisticados da Riviera Francesa, com inúmeras propriedades de luxo.

Um franco

A casa que se tornou a mais cara do mundo havia sido adquirida pelo rei Léopold 2º da Bélgica em 1902 pelo valor simbólico de apenas um franco.

Mais tarde, a residência real foi transformada em um hospital para os feridos da Primeira Guerra Mundial. Antes de integrar o patrimônio da brasileira Lily Safra, que a recebeu de herança em 1999, a propriedade havia pertencido à família Agnelli, proprietária da Fiat.

Edmond Safra, morto em um incêndio criminoso em sua residência em Mônaco, costumava oferecer grandes recepções na Vila Leopoldina, que atraíram personalidades como Frank Sinatra e o ex-presidente americano Ronald Reagan.

O nome do bilionário russo que comprou a residência está sendo mantido em segredo.

Rumores espalhados nas últimas semanas indicavam que Roman Abramovitch, dono do clube de futebol inglês Chelsea, teria comprado a casa, mas a informação foi desmentida.

Muitos milionários russos vêm comprando propriedades na região, o que contribui para o aumento vertiginoso dos preços. "Não ousamos mais oferecer a essa clientela algo que não atinja pelo menos 100 milhões de euros. Caso contrário, somos imediatamente repudiados (pelos moradores)", afirma um agente imobiliário da região, acrescentando que os proprietários locais estão animados com a crescente especulação imobiliária na região.

Lily Safra ocupa a 11ª posição da lista das mulheres mais ricas do mundo, compilada no ano passado pela revista britânica Eurobusiness, com um patrimônio estimado em US$ 4,7 bilhões.

Fonte: (Da redação)