Publicado em 3/11/2008 as 12:00am

Na véspera das eleições, Obama lidera em seis de oito estados-chave

Segundo pesquisa, democrata mantém a liderança em Ohio e Nevada. Em uma posição confortável, ele está 7 pontos à frente de McCain

O candidato democrata à Presidência norte-americana, Barack Obama, continua liderando as pesquisas de intenção de voto a um dia do pleito que elegerá o sucessor de George W. Bush na Casa Branca. 

De acordo com a pesquisa diária divulgada nesta segunda-feira (3) pela Reuters/Zogby, Obama lidera em seis de oito estados-chave, incluindo Flórida e Ohio.

  De acordo com a pesquisa, o democrata aparece sete pontos percentuais à frente do rival republicano, John McCain, o que representa o salto de um ponto em relação a domingo. A margem de erro é de 2,9 pontos.

Nas eleições de terça-feira (4), Obama está em uma posição confortável. Já McCain luta para ultrapassar o adversário e enfrenta o desafio de conquistar o voto ganho em uma dúzia de estados pelo presidente George W. Bush em 2004. 

As novas pesquisas estaduais mostraram Obama com 1 ponto percentual à frente no Missouri e 2 pontos na Flórida, com a margem de erro em 4,1 pontos percentuais. O democrata também lidera em Estados como Ohio, Virgínia e Nevada --todos Estados vencidos por Bush em 2004.

Esses cinco estados em que Obama está à frente respondem por 76 votos no colégio eleitoral. Se somados aos estados conquistados pelo democrata John Kerry na eleição de 2004, eles dariam a Obama 328 votos no colégio eleitoral, bem mais do que os 270 necessários para chegar à Casa Branca.

Obama também tem 11 pontos percentuais de vantagem na Pensilvânia, onde McCain teria a maior chance de vencer em um estado conquistado pelo candidato democrata há quatro anos.

McCain está à frente do rival por 5 pontos em Indiana e por 1 ponto na Carolina do Norte, dois estados em que Bush venceu em 2004.

"A liderança de Obama é bastante firme. Ele pode esperar um grande dia na terça-feira", disse o especialista em pesquisas John Zogby. "Esses são todos estados republicanos, exceto pela Pensilvânia, e isso não parece que vai mudar."

Na pesquisa nacional, Obama tem 15 pontos de vantagem sobre os independentes e 13 pontos entre as mulheres, dois blocos cruciais de eleitores na eleição de terça-feira.

McCain lidera Obama por 13 pontos, mas está apenas atraindo 25% dos hispânicos. Em 2004, Bush ficou com mais de 40% do apoio desse grupo.

O independente Ralph Nader e o libertário Bob Barr ficaram com 1% cada, e 2% dos entrevistados declarou-se indeciso.

A pesquisa nacional foi realizada entre quinta-feira e sábado com 1.205 prováveis eleitores.

As pesquisas estaduais também foram realizadas entre quinta-feira e sábado com as amostras variando entre 600 e 605 prováveis eleitores. A margem de erro em todos os oito estados é de 4,1 pontos percentuais.


Fonte: (G1)