Publicado em 9/11/2008 as 12:00am

Mineira conquista o quarto lugar no concurso Miss Terra 2008

A mineira Tatiane Alves, de 24 anos, natural de Conselheiro Lafaiete, conquistou o quarto lugar no concurso de beleza Miss Terra 2008

 

A mineira Tatiane Alves, de 24 anos, natural de Conselheiro Lafaiete, conquistou o quarto lugar no concurso de beleza Miss Terra 2008, realizado no Clark Expo da cidade de Angeles, nas Filipinas. A mineira, que trabalha como modelo desde os 13 anos, foi coroada a "Miss Fogo".

A vencedora do concurso de beleza foi a filipina Karla Paula Henry, de 22 anos, que recebeu o título “Miss Terra”. O segundo lugar, o da “Miss Água”, ficou para a mexicana Abigail Elizalde Romo, de 23 anos. Já a representante da Tanzânia, Miriam Odemba, de 25 anos, ficou em terceiro lugar e é a nova “Miss Ar”.

Como o tema do concurso foi o “estilo de vida ‘verde’”, para ressaltar a importância da preservação do meio-ambiente, o presidente eleito dos Estados Unidos acabou tendo destaque no evento: as quatro finalistas precisaram explicar ao júri as medidas que pediriam a Barack Obama para acabar com a deterioração da natureza. 

A resposta da filipina conquistou o júri e o público, formado majoritariamente por crianças e jovens, e que, durante todo o evento, não parou de incentivar e torcer pela compatriota. "O senhor Obama, se quer que o povo compreenda o que é a mudança climática e o aquecimento global e que solucione" o problema, deveria acrescentar "ao sistema de ensino (...) uma disciplina obrigatória sobre o meio ambiente", respondeu Karla Paula ao ser perguntada sobre o que proporia ao presidente eleito dos EUA.

A candidata mexicana, Abigail Elizalde Romo, teve dificuldades para se expressar em inglês e não soube transmitir profundidade à mensagem ao júri e ao público. A tanzaniana Miriam Obdema era a favorita de muitos dos que acompanhavam o concurso, mas acabou conquistando o segundo lugar.

O Miss Terra tem a finalidade de premiar a mais bela entre as mulheres e divulgar a defesa do meio-ambiente.
 

Fonte: (G1)