Publicado em 1/12/2008 as 12:00am

Cerca de 150 baleias morrem na Austrália

Muitas das baleias-piloto de nadadeiras longas, que foram encontradas neste sábado, estavam gravemente feridas, com cortes provocados por rochas

 

Muitas das baleias-piloto de nadadeiras longas, que foram encontradas neste sábado, estavam gravemente feridas, com cortes provocados por rochas. Equipes de resgate conseguiram conduzir cerca de 30 baleias presas em recifes rasos de volta ao alto mar usando um pequeno barco. As baleias passam pela Tasmânia quando migram para e das águas antárticas e o encalhe é bastante comum.

            Na semana passada, 11 baleias foram resgatadas após mais de 60 terem ficado encalhadas em outra parte da ilha.

            Moradores da região e especialistas trabalharam em conjunto para ajudar este grupo de baleias, encalhadas perto de Sandy Cape, no noroeste da Tasmânia, mas a maioria morreu dos ferimentos causados pelas rochas.

            Autoridades removeram uma baleia encalhada que estava chamando um grupo fora da costa para prevenir outras mortes. "Infelizmente, esta baleia morreu, mas o que aconteceu depois foi que aquelas 30 baleias que estava rodeando a região pareceram mais dispostas a continuar e com o barco na água nós conseguimos conduzi-las para fora da baía", afirmou um porta-voz do departamento de Indústrias Primárias e Águas da Austrália à agência de notícias AAP.

            Baleias-piloto são baleias menores, que atingem cerca de 5 metros de comprimento. Cientistas não sabem o que causa o encalhe de baleias na praia.

Fonte: (ANBT, com AAP E BBC..com)