Publicado em 5/12/2008 as 12:00am

Demissões nos EUA atingem maior nível em quase sete anos

Segundo consultoria, 181,6 mil vagas foram eliminadas em novembro. Resultado é o pior para o mercado de trabalho desde janeiro de 2002

Segundo consultoria, 181,6 mil vagas foram eliminadas em novembro.  Resultado é o pior para o mercado de trabalho desde janeiro de 2002.

 
A eliminação de postos de trabalho em novembro nos Estados Unidos atingiu o maior nível em quase sete anos em novembro de 2008, informou nesta quarta-feira (3) a consultoria Challenger, Gray & Christmas, especializada em recolocação de executivos no mercado.

A tendência foi reforçada pela crise nos setores de veículos e nos bancos. O presidente da Challenger, Gray & Christmas, citado pela Agência Reuters, afirmou que o setor automotivo continuou a mostrar "grandes cortes de empregos", graças à redução dos gastos dos consumidores por conta da crise.

De acordo com as informações da consultoria, mais de 181 mil empregos foram cortados no mês passado, o que representa um crescimento de 148% em relação ao resultado de novembro de 2007. Os dados de novembro são os piores para o setor desde janeiro de 2002, quanto 248,5 mil empregos foram eliminados.

Fonte: (G1)