Publicado em 29/01/2009 as 12:00am

Advogados abrem ação judicial contra Obama

Eles querem que o presidente dê uma ordem para suspender alguns processos de deportação

Os advogados de mais de 600 crianças nascidas nos Estados Unidos apresentaram uma ação judicial contra o presidente Barack Obama, solicitando que ele imterrompa o processo de deportação dos seus pais (das crianças), que estão morando ilegalmente neste país.

Nora Sandigo, diretora da American Fraternity, uma organização que defende os direitos dos imigrantes, é a cabeça desta ação que foi apresentada ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos.

Ela explica que as crianças sofrem bastante quando são forçadas a se separarem de seus pais por causa das deportações. “Esperamos que o presidente se sensibilize com a situação e somos sabedores de que ele tem poder para suspender estes processos”, acrescenta. “Não estamos contra o nosso presidente e sim queremos, através desta ação, instigá-lo a emitir a ordem e adotar novas leis de imigração”, fala se referindo à reforma migratória.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times )