Publicado em 5/08/2009 as 12:00am

Tiroteio em academia de ginástica nos EUA deixa 4 mortos, diz polícia

Entre as vítimas estaria o próprio atirador. Homem apagou as luzes e abriu fogo contra mulheres em aula de dança.


Ao menos quatro pessoas morreram e nove ficaram feridas nesta terça-feira (4), depois que um homem armado abriu fogo dentro de um movimentado centro de fitness do estado americano da Pennsylvania, segundo a polícia local.

O superintendente do Departamento de polícia, Charles Moffatt, disse que os corpos de duas mulheres e de um homem de meia idade foram encontrados mortos dentro do complexo, e outra vítima morreu no hospital. A polícia acredita que o atirador está entre as vítimas.

“Temos quatro mortos confirmados”, disse Charles Moffatt. “Temos pelo menos nove feridos em vários hospitais em toda a área”, acrescentou.


Os tiros ocorreram no interior do ginásio de Bridgeville, uma cidade próxima a Pittsburgh, em um salão onde havia aulas de dança latina só para mulheres. Segundo uma testemunha, o atirador vestia roupas próprias para exercícios físicos. "Ele andou em direção à sala, sabia exatamente o que estava fazendo", disse Moffatt.

De acordo com a polícia local, o homem entrou num salão, se dirigiu para os fundos, apagou as luzes e disparou por cerca de cinco minutos. A polícia diz ter encontrado duas armas na cena do crime.

Um porta-voz da Misericórdia Hospital confirmou que cinco mulheres feridas deram entrada na emergência do complexo, três em estado grave. O Allegheny General Hospital recebeu mais dois feridos e um porta-voz disse que ambos não corriam risco de morte. Um porta-voz do Hospital St. Clair informou que registrou a chegada de três feridos, um em estado grave.

Fonte: (G1)