Publicado em 21/12/2009 as 12:00am

Brasileira é presa por golpe de R$ 153 bilhões em Portugal

oi decretada a prisão preventiva de uma brasileira acusada de montar um esquema de garantias bancárias falsas cujo valor apurado até agora ultrapassou 60 bilhões de euros (cerca de R$ 153 bilhões)

 

Foi decretada a prisão preventiva de uma brasileira acusada de montar um esquema de garantias bancárias falsas cujo valor apurado até agora ultrapassou 60 bilhões de euros (cerca de R$ 153 bilhões) - um recorde entre as falsificações em Portugal, de acordo com a BBC Brasil.

Segundo a acusação, a paulista M.R.P. (o nome dela está guardado sob segredo de Justiça), 37 anos, teria falsificado cartas de crédito da agência de Lisboa do Banco do Brasil para operações de importação e exportação. As investigações foram motivadas por uma denúncia do Banco do Brasil.

O esquema funcionaria da seguinte maneira: as garantias bancárias teriam sido vendidas para empresas de importação e exportação que utilizavam esses documentos para diminuir a taxa de juros na obtenção de empréstimos. A cada garantia bancária falsa, os falsificadores receberiam em contrapartida um valor entre 25 mil e 60 mil euros. A investigação abrange ainda as empresas compradoras dos documentos, que também incorreriam em crime. Os lesados seriam bancos e agências de financiamento de operações de importação e exportação.

Fonte: (G1)