Publicado em 20/01/2010 as 12:00am

Eleição de Scott Brown em MA não desanima imigrantes

Assumindo a cadeira deixada pelo democrata e pró-imigrante Ted Kennedy, o republicano Scott Brown pode dificultar a aprovação da Reforma Imigratória, mas não tira a esperança dos imigrantes

 

Por Marcelo Zicker


Acirrada e disputada, a eleição para a cadeira deixada pelo senador Ted Kennedy teve um resultado que, apesar de decepcionante, foi incapaz de tirar a esperança da grande massa de imigrantes de Massachusetts e também do resto do país, que contavam com mais um aliado no congresso norte-americano. O republicano Scott Brown venceu com 53% dos votos contra 46% de Martha Coakley e apenas 1% do candidato independente Joseph Kennedy.

A corrida para as eleições que definiram o substituto para a cadeira de Ted Kennedy evidenciou as principais diferenças entre os candidatos com relação a temas relevantes para a comunidade brasileira dos EUA. Reforma Imigratória, a Reforma da Saúde e a concessão de Driver’s License e In-State Tuition para indocumentados são questões polêmicas e dividiram as opiniões entre a  candidata democrata, a Procuradora – Geral de Massachusetts Martha Coakley , e o candidato republicano, o senador estadual Scott Brown.

Scott Brown, nunca negou sua política anti-imigrante e seu repúdio à uma reforma de imigração que anistie os milhões de imigrantes do país. Contatado pela nossa equipe de reportagem, o senador não ‘estava disponível para falar sobre tais temas’. Em seu site oficial, ele declara seu posicionamento sobre as questões. “ Eu reconheço que a nossa força como nação está na experiência da América com os imigrantes. Os imigrantes legais são bem-vindos nesse país. Entretanto, nós temos leis federais que não permitem e encorajam a imigração ilegal.  Oferecendo Drive’s License e In-State Tuition para imigrantes ilegais, estaremos agindo como um ‘imã’  para mais pessoas entrarem aqui violando a lei, o que pode impor duros custos aos contribuintes. Eu me oponho à anistia, e acredito que nós devemos reforçar a segurança na fronteira,  e instituir um sistema de verificação de emprego, com sanções para as empresas que contratam imigrantes ilegais” diz em site oficial. Em outras oportunidades, ele afirmou que apóia uma nova legislação que facilite o acesso do imigrante à cidadania, mas exigindo que ele espere por aprovação no seu país de origem.

O republicano Scott Brown terá a função de substituir a cadeira daquele que um dia foi chamado de ‘Pai dos Imigrantes’, o senador Ted Kennedy, morto no dia 25 de Agosto do ano passado, vítima de Câncer. Kennedy nunca escondeu o desejo de ver uma ampla reforma imigratória aprovada e sempre manifestou seu apoio à projetos em favor dos imigrantes do país.  Em grande campanha em favor da eleição de Martha Coakley, os grupos pró-imigrantes e ativistas não devem enxergar o resultado como uma derrota, mas sim como uma faísca de ânimo para continuar a empurrar o coro da reforma e pleitear por uma legislação mais justa que beneficie os milhões de estrangeiros que residem no país.


Fonte: (Da redação)