Publicado em 22/02/2010 as 12:00am

Obama propõe nova versão da reforma da saúde nos EUA

Ela permitiria cobertura de mais 31 milhões de americanos. Presidente luta para conseguir apoio republicano ao plano.


O presidente dos EUA, Barack Obama, apresentou nesta segunda-feira (22) uma nova versão de seu plano de reforma da saúde. Segundo ele, ela permitiria dar cobertura a mais 31 milhões de americanos e a impedir a alta das tarifas.

O objetivo da versão modificada é  contornar o bloqueio da oposição republicana aos textos aprovados após uma primeira leitura no Senado e na Câmara dos Representantes.

A reforma do sistema de saúde é o grande objetivo de Obama, que espera dar cobertura médica a cerca de 46 milhões de pessoas que atualmente não têm acesso a ela nos Estados Unidos. O Congresso se ocupa deste tema desde meados do ano passado, e as duas casas do Congresso acabaram aprovando projetos de lei diferentes em primeira instância.

No entanto, depois que os democratas perderam a maioria no Senado em janeiro, a minoria republicana na câmara alta passou a ser capaz de bloquear indefinidamente a aprovação de qualquer projeto em segunda instância.

Com a esperança de destravar os debates, Obama anunciou que receberá os líderes republicanos e democratas do Congresso na próxima quinta-feira para tentar um acordo para um texto consenso.

Fonte: (Da redação)