Publicado em 24/05/2010 as 12:00am

Suspeito de matar brasileira no México voltou aos EUA, diz advogado

Bruce Beresford-Redman é ex-produtor do seriado 'Survivor'. Morte de Monica Burgos ocorreu em abril no balneário mexicano de Cancún.


O americano Bruce Beresford-Redman, acusado de ter matado a esposa brasileira em Cancún em abril passado, voltou do México para os Estados Unidos, informou seu advogado neste domingo (23).

A mulher de Beresford, Monica Burgos, foi achada morta próximo ao hotel em que o casal estava.

Apesar de o passaporte dele ter sido confiscado e de ele ser considerado um suspeito, não havia restrição judicial a que ele viajasse, segundo Francisco Alor, procurador-geral do estado de Quintana Roo. As autoridades mexicanas tentaram ouvi-lo duas vezes sobre o crime, mas não conseguiram localizá-lo.

Ainda não está claro como ele conseguiu deixar o país sem passaporte. O advogado da família da brasileira, Alejandro Ledezma, afirmou que Redman viajou aos EUA provavelmente com a ajuda do consulado americano na Península de Yucatán.

Beresford-Redman voltou a sua casa, no condado de Los Angeles, para visitar seus filhos e resolver problemas familiares e pessoas, segundo seu advogado, Richard Hirsch.

O produtor do popular reality show americano "Survivor" foi detido por um dia depois de o corpo de sua esposa ter sido encontrado em 8 de abril em um esgoto próximo ao hotel onde estava hospedado o casal.

O corpo da brasileira Mônica apresentava marcas no pescoço e um forte golpe na cabeça, que causou traumatismo craniano

Fonte: (G1)