Publicado em 13/09/2010 as 12:00am

Carioca é nomeado presidente da Burger King

Bernardo Hees, 40 anos, antigo comandante da América Latina Logística, foi nomeado o novo presidente da Burger King, a segunda maior rede de restaurantes "fast food" dos Estados Unidos.

 

Bernardo Hees, 40 anos, antigo comandante da América Latina Logística, foi nomeado o novo presidente da Burger King, a segunda maior rede de restaurantes “fast food” dos Estados Unidos. Ele está a caminho da Flórida, onde iniciará uma nova campanha para fortalecer os restaurantes de comida rápida em todo o mundo – desta vez com uma pitada brasileira.

A rede foi comprada pelo valor de $4 bilhões, cuja transação foi feita em transação de ações e pagamentos de dívidas. Quem comprou uma das maiores redes de comida rápida dos Estados Unidos foi o Grupo 3G Capital, que tem sede no mesmo país, mas controlado por três brasileiros: Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira.

Segundo a explicação para a venda, é que a Burger King, como qualquer outra grande companhia norte-americana, sentiu a crise financeira que atingiu o mundo. O Grupo 3G Capital vem se destacando pela aquisição de grandes companhias, espalhadas pelo mundo.

Antes de adquirir a Burger King, o 3G havia criado a InBev (união da AmBev com a belga InterBrew). Depois comprou a Anheuser-Bush, a maior fabricante de cerveja dos Estados Unidos (fábrica da Budweiser). O valor divulgado nesta transação foi de $52 bilhões.

Além destes negócios, o trio brasileiro acumula participações majoritárias nas Lojas Americanas, no site Submarino e na America Latina Logística.

A trajetória de sucesso de Bernardo Hess é marcada pelo fato dele trabalhar sempre próximo dos seus funcionários. Ele tem 40 anos de idade, dos quais 12 dedicou à ALL, onde iniciou como diretor financeiro. Para chegar à presidência, ele passou por várias fases. No ano de 2006, ele realizou sua maior transação ao adquiri a Brasil Ferrovias, que opera até o porto de Santos.

Fonte: (Da redação)

Top News