Publicado em 27/09/2010 as 12:00am

Mais dois brasileiros são identificados na chacina do México

A Polícia Federal não revelou os nomes, mas afirmou que os dois são do Pará

 

A Polícia Federal (PF) informou nesta quarta-feira que mais dois brasileiros foram identificados entre as vítimas de uma chacina que deixou 72 mortos em Tamaulipas, no norte do México, em agosto. Os brasileiros são do Estado do Pará. A PF não divulgou os nomes das vítimas.

Com a confirmação, sobe para quatro o total de brasileiros executados por narcotraficantes em uma fazenda próxima à fronteira com os Estados Unidos. Os outros dois brasileiros são Juliard Aires Fernandes, 20 anos, e Hermínio Cardoso dos Santos, 24 anos, de Minas Gerais.

As identificações dos paraenses ocorreram por impressões digitais e exames odontológicos. No domingo, a PF enviou ao México dois peritos e um papiloscopista para auxiliar as autoridades mexicanas na identificação das possíveis vítimas brasileiras.

Familiares e amigos de cidadãos brasileiros que tenham partido para a região norte do México, no período do massacre, e que tenham perdido contato desde então com os mesmos, devem fazer contato com o Núcleo de Assistência a Brasileiros, do Ministério das Relações Exteriores, por meio dos números (61) 3411-8804/8805/8818/8809/9718, ou no e-mail dac@itamaraty.gov.br, para passar informações que podem ser úteis na identificação de outras possíveis vítimas brasileiras no México.

Fonte: (Da redação)