Publicado em 28/06/2012 as 12:00am

Manter atirador em hospital psiquiátrico custaria US$ 1,9 milhão anuais

Manter o extremista Anders Breivik, autor dos atentados de 22 de julho na Noruega, confinado em uma prisão psiquiátrica, custaria ao país 1,5 milhão de euros anuais (US$ 1,9 milhão).

Manter o extremista Anders Breivik, autor dos atentados de 22 de julho na Noruega, confinado em uma prisão psiquiátrica, custaria ao país 1,5 milhão de euros anuais (US$ 1,9 milhão).

O cálculo foi feito a partir de estimativas de autoridades na área de saúde, que avaliam que Breivik precisaria do acompanhamento de pelo menos quatro pessoas durante o dia três durante à noite no centro especial que seria construído para ele na prisão de Ila, onde permanece desde sua detenção, informou nesta quinta-feira o jornal "VG".

A justiça da Noruega decidirá no dia 24 de agosto se considera se o extremista é penalmente responsável ou não, levando em conta seu estado mental, e se portanto deve ir para a prisão ou ser condenado a receber tratamento psiquiátrico.

As autoridades norueguesas decidiram que se for considerado que ele tem problemas mentais será construído um departamento especial de alta segurança para Breivik em Ila, já que os hospitais psiquiátricos existentes não têm as condições necessárias exigidas.

Fonte: uol.com.br