Publicado em 19/02/2013 as 12:00am

JBS é notificada por carne de cavalo na Bélgica

O escritório comercial da JBS (JBSS3) na Bélgica foi notificado na segunda-feira (18) de que a empresa teria comercializado a um de seus clientes na Europa carne de cavalo, conforme comprovado por exame de DNA e comunicado ao mercado pela própria empresa.

 

O escritório comercial da JBS (JBSS3) na Bélgica foi notificado na segunda-feira (18) de que a empresa teria comercializado a um de seus clientes na Europa carne de cavalo, conforme comprovado por exame de DNA e comunicado ao mercado pela própria empresa.

A carne foi produzida pela empresa alemã Schypke, que não possui nenhuma relação societária ou operacional com o frigorífico brasileiro, e comercializada pela JBS Toledo.

No entanto, a empresa brasileira se exime de culpa e diz que tomará todas as providências legais para garantir que não sofrerá qualquer prejuízo. "Desde o início do fornecimento, todo o processo operacional e logístico foi conduzido pelo produtor alemão, que enviava o produto diretamente ao cliente final." Além do mais, a empresa lembra que os clientes da JBS Toledo "participaram ativamente" do processo, ao aprovarem os fornecedores europeus selecionados.

De todo modo, a empresa informa que suspendeu todos os contratos com a Schypke e que não comercializará mais produtos europeus "até que a confiança na segurança do sistema de fornecimento do bloco seja restabelecida", ainda que nenhum caso de violação tenha sido identificado nos produtos fabricados pela própria JBS.

Fonte: MSN BRASIL