Publicado em 8/04/2013 as 12:00am

Manifestantes de topless protestam durante visita de Putin à Alemanha

Ativistas do Femen causaram tumulto em evento com Putin e Merkel. Uma das mulheres chegou a metros dos dois, gritando contra 'ditador'.

Putin e Merkel estavam no estande da montadora alemã Volkswagen, ao lado do presidente da empresa, Martin Winterkorn, quando quatro mulheres avançaram em direção ao local aos gritos de "Fuck dictator!", classificando o presidente russo de "ditador". Uma das ativistas do Femen, grupo feminista de origem ucraniana que costuma fazer manifestações com os seios à mostra, chegou a apenas metros de Putin e Merkel, mas foi contida por seguranças. O presidente e a chanceler inauguraram o Salão na noite de domingo (7), quando a chanceler alemã pediu a Putin e a Rússia uma "oportunidade às organizações não governamentais e às múltiplas associações das quais sabemos, aqui na Alemanha, que são um motor para a inovação". A declaração foi uma referência às operações na Rússia contra várias ONGs internacionais, incluindo fundações políticas alemãs.

Fonte: www.globo.com

Top News