Publicado em 2/05/2013 as 12:00am

EUA vão buscar anistia para prisioneiro detido na Coreia do Norte

Kenneth Bae foi condenado a 15 anos de trabalhos forçados. Ele foi acusado pela Coreia do Norte de crimes contra o Estado.

Os Estados Unidos planejam nesta quinta-feira solicitar à Coreia do Norte que conceda anistia a Kenneth Bae, um cidadão norte-americano condenado a 15 anos de trabalhos forçados por Pyongyang sob acusação de crimes contra o Estado, disse uma autoridade dos EUA à Reuters.

Kenneth Bae, de 44 anos, é americano de origem sul-coreana.

Segundo ativistas sul-coreanos, ele teria fotografado crianças famintas. Um funcionário do governo americano, citado pela rede CNN, disse que ele era um operador de turismo e tinha visto para entrar no Norte.

Vários americanos já foram presos ao entrar na Coreia do Norte.

O caso mais famoso foi das jornalistas Laura Ling e Euna Lee, que foram libertadas depois que o ex-presidente Bill Clinton viajou a Pyongyang e posou para fotos ao lado do ex-ditador Kim Jong-il. Foi o preço pela libertação das duas.

Fonte: www.globo.com