Publicado em 8/05/2013 as 12:00am

Polícia prende 31 por roubo de diamantes em aeroporto da Bélgica

Caso ocorreu em fevereiro; diamantes foram avaliados em US$ 50 milhões. Prisões foram feitas em Bruxelas, na França e na Suíça.

Trinta e uma pessoas foram presas por suspeita de participação no roubo de diamantes avaliados em US$ 50 milhões ocorrido no aeroporto de Bruxelas, na Bélgica, em fevereiro, informou a promotoria belga nesta quarta-feira (8). O caso foi considerado um dos maiores roubos de joias da história.

Mais de 300 policiais participaram das operações, que levaram à prisão de 24 pessoas presas na região de Bruxelas. Um suspeito foi preso na França e outros seis na Suíça.

Em fevereiro, ladrões armados vestidos de policiais roubaram os diamantes de um caminhão em plena pista do aeroporto, sem disparar um tiro. A polícia acredita que o preso na França era um dos oito homens que estava no aeroporto.

Entre os presos em Genebra, na Suíça, estão um executivo e um advogado. Cerca de US$ 106 mil em dinheiro e diversos diamantes foram recuperados, segundo a polícia local. Na Bélgica, foram recuperados carros de luxo e quantias em dinheiro não divulgadas.


Fonte: www.globo.com