Publicado em 27/05/2013 as 12:00am

Crescem suspeitas sobre uso de armas químicas na Síria, diz França

Rússia e EUA preparam conferência de paz para tentar deter guerra civil. Confrontos já deixaram mais de 94 mil mortos em dois anos.


O ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, advertiu nesta segunda-feira (27) que há "suspeitas crescentes" sobre o uso de armas químicas na Síria.

Há indícios de uso local de armas químicas, afirmou.

No entanto, o ministro francês esclareceu que ainda é necessária uma verificação detalhada para confirmar esta informação.

O tema é debatido em Bruxelas durante uma reunião dos ministros das Relações Exteriores da União Europeia (UE).

"Estamos consultando nossos sócios para ver que conclusões serão tiradas", disse.

Fabius partiu de Bruxelas em direção a Paris, onde se reunirá com seus colegas russo e americano, Serguei Lavrov e John Kerry, respectivamente, para preparar a conferência de paz para a Síria, realizada em Genebra e impulsionada por Moscou e Washington.

Fonte: www.globo.com