Publicado em 4/06/2013 as 12:00am

Morre segunda vítima ligada aos protestos na Turquia, diz governo

Morre segunda vítima ligada aos protestos na Turquia, diz governo


Um jovem militante da oposição morreu nesta segunda-feira (3) no hospital, após ser atingido por um disparo de arma de fogo durante manifestações contra o governo no Sul da Turquia, informou o canal de televisão  local NTV.

A morte foi confirmada pelo gabinete do governador da província, de acordo com a Reuters.

Esta é a segunda morte ocorrida nos conflitos da Turquia. Na noite de domingo, outro jovem morreu atropelado por um táxi que atingiu um grupo de manifestantes em uma via de Istambul.

"Abdullah Comert foi gravemente ferido (...) por disparos realizados por uma pessoa não identificada" e faleceu no hospital, revelou a NTV, que cita um comunicado do governo da província de Hatay, próxima à fronteira com a Síria, segundo a AFP.

Segundo Hasan Akgol, parlamentar do principal partido de oposição, Comert, 22 anos, era membro da Ala Jovem do Partido do Povo Republicano.

Militantes informaram que o jovem foi morto com um tiro na cabeça disparado por um policial durante uma manifestação, informou a AFP. A polícia investiga as circunstâncias da morte de Comert.

Protestos
A polícia turca utilizou, na noite de segunda (3) para terça (4), bombas de gás lacrimogêneo para dispersar centenas de manifestantes em Ancara e Istambul, no quinto dia de manifestações contra o governo turco, indicaram testemunhas e uma rede de televisão.

Fonte: www.globo.com