Publicado em 26/06/2013 as 12:00am

Mais de 100.000 mortos desde o início da revolta na Síria

Mais de 100.000 mortos desde o início da revolta na Síria

BEIRUTE, 26 Jun 2013 (AFP) - Pelo menos 100.191 pessoas, em sua maioria civis, morreram na Síria desde o início da revolta popular contra o regime de Bashar al-Assad, que se transformou em uma guerra civil depois da violenta repressão, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O balanço inclui 36.661 civis, 18.072 combatentes rebeldes e 25.407 membros das forças governamentais, segundo a ONG, que tem como fontes ativistas, médicos e militares no país.

O número de mortos foi calculado até 24 de junho.

Entre os civis estão 3.330 mulheres e 5.144 menores de 16 anos.

Entre os rebeldes, o balanço inclui 13.539 civis que pegaram em armas, 2.518 combatentes estrangeiros, em sua maioria jihadistas, e 2.015 desertores.

As tropas do regime contam com a ajuda de milícias, que perderam 17.311 membros, e de combatentes do Hezbollah, movimento armado xiita libanês, que perdeu 169 integrantes na guerra.

A ONG registra ainda 2.571 corpos não identificados e afirma desconhecer o destino de mais de 10.000 detentos e de centenas de soldados capturados pelos insurgentes. 

Fonte: www.uol.com

Top News