Publicado em 7/07/2013 as 12:00am

Policial egípcio morre em ataque de desconhecidos no Sinai

Policial egípcio morre em ataque de desconhecidos no Sinai

Cairo, 7 jul (EFE).- Um membro das forças de segurança egípcias morreu neste domingo em um ataque de quatro homens armados contra um posto de controle em El Arish, na Península do Sinai, informaram à Agência Efe fontes policiais.

As fontes afirmaram que a agressão foi obra de um grupo "jihadista", mas esta informação não foi confirmada.

O ataque é apenas o último de uma longa sequência de atentados e sabotagens de grupos radicais islâmicos e tribais nos últimos meses, que se intensificaram após o golpe de Estado da quarta-feira passada, que depôs o presidente Mohammed Mursi.

Nesta manhã, um grupo de homens armados explodiu o principal gasoduto que fornece gás à Jordânia, também em El Arish, segundo a agência oficial de notícias "Mena".

Após o incêndio, que não causou vítimas, os responsáveis da companhia egípcia de gás natural Gasco fecharam o encanamento para suspender o fluxo de gás temporariamente.

Ontem, homens armados assassinaram a tiros o sacerdote cristão copta Mina Abud Sharuin, de 39 anos, enquanto caminhava no bairro de Al Masaid, nesta mesma cidade.

Fonte: www.uol.com