Publicado em 14/08/2013 as 12:00am

Gigante do alumínio Alcoa reduz produção nos EUA e Brasil

Gigante do alumínio Alcoa reduz produção nos EUA e Brasil

NOVA YORK, Nova Iorque, 14 Ago 2013 (AFP) - O gigante norte-americano do alumínio Alcoa, enfrentando uma queda dos preços desse metal, anunciou nesta quarta-feira novas reduções de sua produção nos Estados
Unidos, onde fechará uma fábrica, e no Brasil.

As novas medidas representam um corte de 164.000 toneladas de produção, informou o grupo em um comunicado.

Até o final de setembro, uma fábrica com capacidade de produção de 40.000 toneladas será fechada no estado de Nova York.

Além disso, as fábricas do grupo no Brasil reduzirão sua produção em 124.000 toneladas, informou a Alcoa. Após estas medidas, 16% da produção da Alcoa está suspensa, informou.

"Os preços do alumínio caíram a seu nível mais baixo dos últimos quatro anos e continuamos operando em um mercado incerto e voátil", disse um responsável da Alcoa, Bob Wilt, citado no comunicado.

A Alcoa já tinha anunciado, no começo de 2012, uma redução de 12% em sua capacidade de produção, o que provocou o fechamento definitivo de uma fábrica em Tennessee (sul dos EUA) e de duas das seis no Texas (sul).

Este ano, o grupo decidiu reduzir a produção em fábricas no Quebec (Canadá) e na Itália.

No dia 8 de julho, a Alcoa anunciou que aumentou suas perdas no segundo semestre a 119 milhões de dólares, contra dois milhões um ano antes no mesmo período, apesar de superar as expectativas do mercado.

Fonte: www.uol.com