Publicado em 15/09/2013 as 12:00am

Vítimas das inundações no Colorado podem chegar a 6, dizem autoridades locais

Vítimas das inundações no Colorado podem chegar a 6, dizem autoridades locais

Miami, 15 set (EFE).- As autoridades do estado do
Colorado assinalaram neste domingo que o número de vítimas das inundações que castigam o estado pode ter chegado a seis pessoas, após a confirmação do desaparecimento e presumível morte de uma mulher de 80 anos no condado de Larimer.

De acordo com os dados oficiais dos condados de Boulder e Larimer, recolhidas hoje pela versão on-line do jornal "A Times", pelo menos 700 também se encontram desaparecidas.

O porta-voz oficial do Condado de Larimer, John Schulz, declarou que uma mulher de 80 anos não conseguiu deixar sua casa no momento em que a água já invadia a mesma.

Quando seus vizinhos apareceram para resgatá-la, a senhora em questão já não estava mais em sua casa. As autoridades estimam que a mulher, desaparecida desde então, esteja presumivelmente morta.

Em uma entrevista à "CNN", o governador do Colorado, John Hickenlooper, declarou que mantém a esperança de que muitos dos desaparecidos simplesmente estejam incomunicáveis e já "tenham conseguido se salvar".

Mesmo assim, o governador afirmou que mantêm os trabalhos de busca e resgate seguirão intensos. "Há muitas, muitas casas que foram destruídas", destacou Hickenlooper.

As previsões de mais chuvas para os próximos dias alarmaram algumas autoridades, já que, além de obstaculizar os trabalhos de resgate, mais inundações e deslizamentos também não estão descartados.

O porta-voz do Escritório de Manejo de Emergências do condado de Boulder, Kim Kobel, assinalou nesta manhã que haverá "chuva contínua nas próximas 12 horas", embora tenha ressaltado que não esperam mais de 2 ou 5 centímetros de precipitação.

Por sua parte, em declarações recolhidas pela "CNN", o diretor de transportes do condado de Boulder, George Gerstle, indicou que só esse condado precisaria de US$ 150 milhões para reconstruir cerca de 240 quilômetros de vias e até 30 pontes. Segundo ele, o custo de dessa reconstrução equivale a um número entre 10 e 15 vezes acima de seu orçamento anual.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou hoje a declaração de zona de desastre maior para o Colorado e ofereceu ajuda federal para complementar os trabalhos nesse condado.

Segundo um comunicado da Casa Branca, o líder ligou hoje ao governador do Colorado para receber uma atualização sobre a situação no local.

"O presidente expressou suas condolências aos familiares e amigos que perderam entes queridos e parabenizou aqueles que trabalham sem intervalo nos trabalhos de resgate para salvar vidas e proteger às comunidades do Colorado", acrescentou a nota.

Após ter declarado a região como zona de desastre, Obama ressaltou seu compromisso de proporcionar o apoio federal necessário aos esforços estaduais e locais.

A pedido do presidente, o Administrador da Agência Nacional de Emergências (Fema), Craig Fugate, viajará ao Colorado nesta segunda-feira para acompanhar a situação no local.

Fonte: www.uol.com