Publicado em 19/09/2013 as 12:00am

Guerra na Síria e refugiados custam US$7,5 bi ao Líbano, diz Banco Mundial

Guerra na Síria e refugiados custam US$7,5 bi ao Líbano, diz Banco Mundial


BEIRUTE, 19 Set (Reuters) - O conflito na Síria custará ao Líbano 7,5 bilhões de dólares em prejuízos acumulados até o fim do ano que vem, afirmou o Banco Mundial em um relatório preparado para uma reunião humanitária na Organização das Nações Unidas.

Um sumário do relatório, obtido pela Reuters após exposição do Banco Mundial a diplomatas em Beirute, oferece a mais detalhada avaliação já feita sobre o impacto do conflito sírio sobre o seu pequeno vizinho mediterrâneo.

A estimativa é de que a guerra e a resultante onda de refugiados para o Líbano reduzam o crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) em 2,85 por cento ao ano entre 2012 e 2014, dupliquem o desemprego para mais de 20 por cento e ampliem em 2,6 bilhões de dólares o déficit da endividada nação.

O embaixador dos Estados Unidos no Líbano, David Hale, disse nesta quinta-feira que a avaliação do banco mostra como são sérios os desafios enfrentados pelo Líbano, "não só por razões humanitárias, para pela própria estabilidade do Líbano".

A guerra civil síria, refletindo tensões sectárias existentes também no Líbano, transbordou para o país vizinho na forma de carros-bombas em Beirute e Trípoli, confrontos nas ruas e disparos de foguetes no vale do Bekaa. A paralisia política exacerbou uma instabilidade que afeta o turismo, o comércio e os investimentos.

Fonte: www.uol.com