Publicado em 9/11/2013 as 12:00am

Cristina Kirchner volta ao trabalho com restrições médicas

Cristina Kirchner volta ao trabalho com restrições médicas

BUENOS AIRES, 9 Nov (Reuters) - A presidente argentina Cristina Kirchner deve retomar parte do trabalho depois de receber alta provisória dos médicos, disse Alfredo Scoccimarro, porta-voz do governo, neste sábado. Cristina recebeu o sinal verde depois de exames na noite de sexta-feira, mas não poderá viajar de avião pelos próximos trinta dias, afirmou Scoccimarro. "Os médicos decidiram dar a liberação neurológica", declarou. "Ela será monitorada durante o final de semana, e dependendo de como for, na segunda será reavaliada para determinar em que ritmo pode voltar à sua rotina". No mês passado, Kirchner passou por uma cirurgia para retirar um coágulo de sangue na superfície do cérebro depois de cair e bater a cabeça. Ela passará por mais um exame no dia 9 de dezembro. Enquanto se recuperava, seus aliados enfrentaram derrotas duras nas eleições regionais e viram sua maioria no Congresso encolher, o que pôs fim às chances de uma reforma constitucional que lhe permitiria um terceiro mandato. Outros desafios que ela terá de encarar na volta às funções são a ameaça de novos protestos de fazendeiros, que dizem que as políticas do governo estão acabando com seus lucros, a revolta popular com a inflação alta, os controles da moeda e o crime em ascensão e os processos em andamento nos Estados Unidos por parte de detentores de títulos na esteira do calote da dívida soberana argentina em 2002.

Fonte: www.uol.com