Publicado em 30/12/2013 as 12:00am

Nova York proíbe uso de cigarros eletrônicos em locais públicos

Nova York proíbe uso de cigarros eletrônicos em locais públicos

O Conselho Municipal de Nova York aprovou nesta segunda-feira (30) a proibição do uso de cigarros eletrônicos em lugares públicos, aplicando as mesmas restrições já aplicadas aos cigarros produzidos com tabaco. A fumaça, tanto se for de tabaco como de vapor de nicotina, passa assim a estar proibida nos espaços públicos da cidade norte-americana devido à lei "ar sem fumaças" ('Smoke-Free Air Act') que foi assinada por Michael Bloomberg em seu penúltimo dia como prefeito. "Os cigarros eletrônicos são uma solução química e emitem um vapor no qual o usuário tem contato com a mesma quantidade de nicotina dos cigarros convencionais. A próxima geração de potenciais fumantes poderia ficar viciada na nicotina através deste tipo de produtos", assegurou Bloomberg. A medida foi aprovada com 43 votos a favor e 8 contra. Bloomberg realizou esta modificação na lei assegurando que ela responde ao mesmo objetivo com o qual proibiu o tabaco, que era, em última instância, "melhorar a saúde de todos os nova-iorquinos". Além da proibição do cigarro eletrônico em lugares públicos, o Conselho Municipal de Nova York assinou outras 21 normas, como o anexo da lei de reciclagem que estudará se o poliestireno é reciclável e se, em caso contrário, deveria ter seu uso permitido especialmente com relação aos alimentos cozinhados.

Fonte: (G1)