Publicado em 29/09/2014 as 12:00am

Indocumentados podem ingressar nas Forças Armadas

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos informou na quinta-feira (25), que cerca de 1500 imigrantes indocumentados poderão se alistar nas Forças Armadas dos Estados Unidos, anualmente.

   O Departamento de Defesa dos Estados Unidos informou na quinta-feira (25), que cerca de 1500 imigrantes indocumentados poderão se alistar nas Forças Armadas dos Estados Unidos, anualmente. Mas os candidatos precisam ter chegado ao país antes de completar 16 anos de idade.

Isso faz parte de uma nova política incluída no programa Acesso Militar de Interesse Nacional, onde os recrutadores poderão inscrever imigrantes que vivem nos EUA e possuem habilidades específicas, tais como idiomas e áreas de saúde.

Conforme as informações, esta decisão faz parte de uma estratégia mais ampla do Governo Federal em criar novos caminhos para a Cidadania. Nos dias atuais, existem cerca de dois milhões de imigrantes indocumentados que podem se qualificar para o programa, através do “Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA)”, assinado pelo presidente Barack Obama em 2012.

O DACA é um programa assinado por Obama que afasta o risco de deportações dos jovens que vivem ilegalmente nos EUA e foram trazidos por seus pais para este país antes de completarem 16 anos de idade. Eles podem permanecer por dois com uma permissão de trabalho que tem validade de dois.

O programa MAVNI foi iniciado em 2008 e permite a legalização dos imigrantes quem servem às Forças Armadas. O Departamento de Defesa também notificou o Congresso, na quinta-feira (25) que o MAVNI será estendido por mais dois anos.

Fonte: Da redação