Publicado em 11/06/2015 as 12:00am

Perdeu a mala nos EUA? Sua bagagem pode estar à venda nesta loja do Alabama

Em uma viagem aérea pelos Estados Unidos, você já teve sua bagagem extraviada e nunca mais conseguiu encontrá-la?

     Em uma viagem aérea pelos Estados Unidos, você já teve sua bagagem extraviada e nunca mais conseguiu encontrá-la?

     Caso a resposta seja "sim", saiba que existe a chance de seus pertences terem ido parar em Scottsboro, uma pequena cidade do Alabama de 15 mil habitantes. 

      Lá, existe uma loja chamada Unclaimed Baggage Center (Centro da Bagagem Não Reclamada) que, como o nome dá a entender, vende objetos perdidos e abandonados durante jornadas aéreas nos Estados Unidos e que, por diversas razões, não puderam ser devolvidos a seus donos. 

      E não se trata de um brechó de esquina: o UBC ocupa uma área de 3.700 m² onde o visitante pode encontrar dezenas de milhares de produtos como iPhones, câmeras fotográficas profissionais, guitarras, roupas de grife, sapatos, joias, óculos de sol, perfumes lacrados e até vestidos de noiva.

     80% de desconto

     Em seu site, a Unclaimed Baggage Center informa que compra todos esses itens de companhias aéreas que operam nos Estados Unidos. Em sua maioria, são malas perdidas no processo do voo ou abandonadas na esteira dos aeroportos. 

     De acordo com a UBC, as empresas aéreas tentam localizar os donos das bagagens por até três meses. Caso seja impossível encontrar o proprietário nesse período, a loja faz um acordo com as companhias e compra os objetos (as malas e todas as roupas, eletrônicos e joias que elas costumam carregar) por valores módicos. O resultado é que, dentro da UBC, o cliente pode achar produtos 80% mais baratos do que seu preço de mercado.  

     Antes de chegar às prateleiras, as roupas são lavadas e os eletrônicos passam por um processo de vistoria. O que não é considerado adequado para venda é doado ou descartado. 

     E a Unclaimed Baggage Center nega explorar a desgraça do viajante: "o passageiro que perdeu sua bagagem pode ser indenizado pela companhia aérea. E nós fazemos um serviço de colocar esses itens extraviados novamente no mercado".  

Fonte: UOL.COM.BR

Top News