Publicado em 4/08/2015 as 12:00am

Policial é processado após algemar garoto de 8 anos

O vídeo divulgado pela União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, na sigla em inglês) mostra o menino chorando enquanto o policial, identificado como Kevin Sumner, algema seus braços e diz para ele se sentar direito na cadeira.

Um departamento de polícia está sendo processado após a divulgação de um vídeo em que um policial ele aparece algemando um garoto de 8 anos de idade, que tem transtorno de déficit de atenção/hiperatividade. O caso aconteceu em uma escola na cidade de Covington, no estado norte-americano de Kentucky.

O vídeo divulgado pela União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, na sigla em inglês) mostra o menino chorando enquanto o policial, identificado como Kevin Sumner, algema seus braços e diz para ele se sentar direito na cadeira.

Uma menina de nove anos, que também tem necessidades especiais, também teria sido algemada pelo mau comportamento.

Segundo a ACLU, o garoto ficou algemado por cerca de 15 minutos. "Você pode fazer o que lhe pedi para ou você pode sofrer as conseqüências", diz o policial ao garoto durante o vídeo. 

A organização ainda informou que a criança foi punida pelo policial por expressar os sintomas comuns ao transtorno. Ao "Metro", Susan Mizner da ACLU disse que a atitude do policial não está correta. "Usar a lei para disciplinar alunos com deficiência só serve para traumatizar crianças e, neste caso, é também ilegal", afirmou. 

Fonte: UOL.COM.BR