Publicado em 5/11/2015 as 12:00am

Jovem é encontrado nos EUA 13 anos após ter sido sequestrado pelo pai

Um homem de 53 anos foi preso no início desta semana nos Estados Unidos pelo sequestro do filho em 2002, após anos utilizando identidades e nomes falsos

Um homem de 53 anos foi preso no início desta semana nos Estados Unidos pelo sequestro do filho em 2002, após anos utilizando identidades e nomes falsos. O jovem, chamado Julian Hernandez, de 18 anos, não sabia do crime e descobriu a fraude por conta própria. Ele foi resgatado pela polícia ileso , em Cleveland (Ohio), segundo o relato do jornal "USA Today".

Bobby Hernandez fugiu com o filho em agosto de 2002, quando Julian tinha 5 anos. Na época, a mãe do menino comunicou à polícia que o pai havia combinado de levar a criança à escola, em Vestavia Halls, no Alabama, e os dois nunca mais foram vistos.

Hernandez criou uma identidade diferente para si e para o filho, que descobriu o problema quando tentou se registrar em universidades e soube que seu número de segurança social – o equivalente ao CPF no Brasil – não era real. Com a ajuda de um pedagogo da escola onde estudava, Julian se viu na lista de crianças desaparecidas de uma entidade norte-americana.

O FBI foi acionado para checar o caso e capturou o pai no início da semana, resgatando o filho. A polícia ainda investiga os detalhes do sequestro, mas sabe que eles moravam há alguns anos em uma casa de Cleveland, onde Bobby Hernandez era visto pelos vizinhos como "um cara legal".

"Nunca tive ideia de que isso poderia ter acontecido. O filho dele era bem quieto e, pelo que sei, era um bom aluno", disse Matt Melnyk, vizinho dos dois, à emissora WVTM.

Hernandez é acusado de dar informações falsas ao departamento de veículos de Ohio para conseguir uma identidade fraudulenta, em 2012, e agora também responderá no Alabama pelo crime de sequestro do filho. Ele está preso no condado de Cuyahoga.

Fonte: uol.com.br