Publicado em 12/11/2015 as 12:00am

Explosões em reduto do Hezbollah em Beirute deixam mortos e feridos

37 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas.

Duas explosões de bombas deixaram mortos e feridos nesta quinta-feira (12) em Beirute, num ataque reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico. O  ministro do Interior do Líbano disse que 37 pessoas morreram, enquanto a Cruz Vermelha libanesa diz que há dezenas de feridos.

Segundo o ministro Nouhad Machnouk, os atacantes vestivam coletes explosivos e estavam a pé. A polícia informou à France Presse que dois homens acionaram seus explosivos em frente a um centro comercial. Trata-se do primeiro atentado nesta região do sul de Beirute desde junho de 2014.

As explosões ocorreram em Borj al-Barajneh, área comercial e residencial da periferia sul da capital do Líbano.  Segundo as agências de notícias a área é reduto pelo grupo de militantes libaneses Hezbollah.

Poucas horas depois do ataque, o grupo Estado Islâmico reivindicousua responsabilidade pelo ato desta quinta em Beirute. O grupo disse em comunicado divulgado por seus apoiadores no Twitter que seus membros estouraram uma moto cheia de explosivos em uma rua de Borj al-Barajneh. Depois que pessoas se reuniram no local, um homem-bomba se explodiu entre eles, causando mais vítimas, informa o grupo.

Fonte: globo.com