Publicado em 19/11/2015 as 12:00am

Papa diz que soa falso festejar o Natal com mundo em guerra

Para Francisco, a guerra é a escolha de quem prefere as "riquezas" ao ser humano

Porque o mundo está em guerra e há muita gente a sofrer, Francisco defende que as festividades do Natal, cheias de cor e luzes, soam a falso.

"Estamos perto do Natal: haverá luzes, festas, árvores iluminadas, presépios, (...) mas é tudo falso. O mundo continua em guerra, a fazer as guerras, não compreendeu o caminho da paz", lamentou o pontífice, na homilia da missa matinal, no dia em que foi instalado na praça de São Pedro, no Vaticano, um grande pinheiro para as festividades de Natal.

"Existem hoje guerras em toda a parte e ódio. (...) E o que resta? Ruínas, milhares de crianças sem educação, tantos mortos inocentes, tantos. E tanto dinheiro nos bolsos dos traficantes de armas", denunciou o papa.

Para Francisco, a guerra é a escolha de quem prefere as "riquezas" ao ser humano.

"Os que lançam a guerra, que fazem as guerras, são malditos, são delinquentes", reforçou o pontífice, defendendo que a atual situação do mundo não tem justificação.

"Devemos pedir a graça de chorar por este mundo, que não reconhece o caminho para a paz. Para chorar por aqueles que vivem para a guerra e que têm o cinismo de o negar", acrescentou.

 

Fonte: terra.com.br