Publicado em 23/11/2015 as 12:00am

Thatcher ameaçou Brasil por apreender avião durante guerra das Malvinas

Reportagem do 'Sunday Express' diz que thatcher ficou furiosa com ação do Brasil durante guerra das Malvinas

Documentos secretos da diplomacia britânica recém-revelados mostram que a premiê Margaret Thatcher ficou “furiosa'' com o Brasil durante a Guerra das Malvinas, nos anos 1980.

Segundo o jornal “Sunday Express'', Thatcher chegou a ameaçar o Brasil de “sérias consequências'' depois que o país apreendeu um bombardeiro inglês que precisou pousar no Rio.

Telegramas do Foreign Office, o ministério de relações internacionais inglês, de 1982, mostram que a premiê pediu uma intervenção dos Estados Unidos contra o Brasil.

“Nas circunstâncias, brasileiros não devem ter dúvidas de que o governo de sua majestade considera que a revogação da decisão anunciada ontem [de liberar o avião] terá consequências muito sérias'', dizia o telegrama enviado pela premiê à embaixada britânica no Brasil.

O jornal explica que o bombardeiro Vulcan precisou fazer um pouso de emergência no Brasil depois de atacar um radar argentino nas Mavinas. O Brasil teria cedido a pressões argentinas para confiscar o avião, até que Inglaterra e EUA entraram na disputa diplomática.

O Brasil acabou liberando o bombardeiro uma semana depois, poucos dias antes do fim do conflito entre Reino Unido e Argentina.

Fonte: uol.com