Publicado em 28/12/2015 as 12:00am

'EI foi derrotado em Ramadi', declara governo iraquiano após retomar território

A operação para retomar o controle de Ramadi começou em novembro, mas teve um progresso lento

Após semanas de ataques intensivos, as forças iraquianas conseguiram retomar o controle de Ramadi – localizada 100 quilômetros a oeste de Bagdá - neste domingo. O grupo que se autodenomina "Estado Islãmico" mantinha o domínio da região considerada estratégica para os extremistas, mas se retirou após a ofensiva do Iraque.

A retomada do território foi considerada pelo governo iraquiano uma vitória sobre o "EI". Segundo um porta-voz, a área está sob completo domínio do Iraque, sem nenhum sinal de membros do grupo extremista por ali.

Ainda assim, o porta-voz admitiu que é possível que haja uma pequena resistência deles nos próximos dias.

Ramadi estava sob controle do "EI" desde maio, e o fato era visto como uma grande e vergonhosa derrota para o exército iraquiano.

Ataques

Nos últimos dias, as tropas do Exército iraquiano foram abrindo caminho com armadilhas entre ruas e prédios enquanto avançavam em direção ao centro de Ramadi, reconquistando os distritos ao redor aos poucos.

Assim que pararam de ouvir os tiros dos extremistas e confirmaram que a área estava sem nenhuma movimentação humana, os iraquianos retomaram de vez o território.

"O complexo está completamente sob nosso controle, não há nenhuma presença de membros do 'EI' nele", disse o porta-voz dos militares, Sabah al-Numani, à Reuters.

"Com o controle do complexo, isso significa que eles foram derrotados em Ramadi. O próximo passo é eliminá-los também em outras áreas por aqui ou ao redor da cidade."

 

Fonte: bbc.com/portuguese