Publicado em 23/03/2016 as 4:00pm

Ferido na Bélgica, americano também estava em atentados de Boston e Paris

Mason Wells faz parte da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Outros três membros da congregação também ficaram feridos nas explosões.

 

O missionário mórmon Mason Wells, de 19 anos, que ficou gravemente ferido no atentado no aeroporto de Zaventem, no nordeste de Bruxelas, na Bélgica, na terça-feira (22), também estava em outros dois atentados: Boston (EUA), em 2013, e Paris (França), no ano passado.

Segundo a imprensa americana, Mason estava a uma quadra de distância da linha de chegada da maratona de Boston, nos EUA, em 15 de abril de 2013, no momento em que ocorreu o atentado que deixou três mortos e 264 feridos, dos quais 17 amputados.

Ele também estava em Paris, na França, em 13 de novembro do ano passado, quando ataques terroristas deixaram 130 mortos e dezenas de feridos.

Durante o atentado no aerporto belga, ele rompeu o tendão de Aquiles e sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus no rosto e nas mãos.

Natural de Sandy, no estado de Utah, faz parte da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Outros três membros - Joseph Empey, Fanny Rachel Clain  e Richard Norby - da congregação também ficaram feridos no atentado no aeroporto de Zaventem.

Além do aeroporto, outra explosão ocorreu no metrô de Bruxelas, na estação Maalbeek, em pleno coração da capital belga. Os atentados deixaram mais de 30 mortos e 260 feridos, muitos deles em estado da grave.

 

Fonte: http://g1.globo.com