Publicado em 29/03/2016 as 9:41am

De lírio a maconha: veja as plantas que mais intoxicam cães e gatos

Apesar de não serem herbívoros, cachorros e gatos podem comer plantas por curiosidade

Encher o jardim de plantas pode parecer uma boa ideia para deixar o ambiente mais bonito e agradável. Mas se você tem um cachorro ou um gato, calma lá. Muitas plantas usadas para a decoração são tóxicas para os animais.

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP (Universidade de São Paulo) fez uma lista com as plantas mais relacionadas aos casos de intoxicações de animais na cidade de São Paulo, identificando as substâncias tóxicas e mostrando os sintomas nos pets.

Apesar de não serem herbívoros, cachorros e gatos podem comer plantas por curiosidade, por estarem na idade de morder tudo ou até mesmo por tédio.

O estudo, feito a partir de entrevistas com médicos veterinários e levantamento bibliográfico, mostra que as plantas que causam intoxicação com maior frequência geram sintomas que vão de vômito e febre a paralisia, podendo levar à morte.

Caso não dê tempo de evitar a intoxicação e o animal coma alguma espécie tóxica, a professora Silvana Lima Górniak diz que o melhor é levar a um veterinário, já que cada planta causa uma resposta diferente no organismo dos animais.

"Muita gente pensa que pode ser bom provocar o vômito, para o bicho cuspir a substância, mas esse procedimento não é recomendado por poder machucar ainda mais o animal", explica.

Na hora de levar o pet ao veterinário, mesmo sem a certeza da ingestão, é bom comentar com o médico sobre a existência de alguma dessas espécies no jardim, alerta a pesquisadora. "Isso para que os sintomas não sejam confundidos com outras doenças e o diagnóstico seja correto."

Fonte: uol.com.br