Publicado em 31/03/2016 as 12:20pm

Homens armados ocupam TV afim a autoridades de Trípoli

Transmissões foram interrompidas e funcionários expulsos. Canal tinha emitido declarações de líder do governo em Trípoli.

Homens armados invadiram nesta quarta-feira (30) a sede da emissora de TV via satélite Al Nabaa em Trípoli, capital da Líbia, interromperam as transmissões e expulsaram os funcionários, segundo dois jornalistas do canal.

"Um grupo de homens armados, alguns com roupa camuflada e outros civis, entraram nos nossos escritórios e levaram todos os funcionários para uma sala para dizer-lhes que não podiam mais continuar trabalhando", explicou um dos jornalistas à agência France Presse.

Os programas da emissora foram interrompidos totalmente meia hora depois de aparecer nas telas uma faixa vermelha com a menção "urgente". Uma voz anunciou que "os revolucionários de Trípoli fecharam a cadeia da discórdia e da instigação (ao ódio)".

Esta voz ameaçou com represálias a todos os que tentam trabalhar na emissora.

"Tiraram-nos dos locais, tomaram o controle e suspenderam as transmissões. Ninguém ficou ferido", declarou à AFP outro jornalista pedindo para ter sua identidade preservada.

Esta mesma emissora tinha emitido pouco antes as declarações do líder do governo em Trípoli, Khalifa el-Ghwell, que ameaçou o líder da coalizão apoiada pela ONU, Fayez al Sarraj, a abandonarTrípoli, pouco depois da chegada deste último por mar.

A Líbia conta com dois governos e Parlamentos, um reconhecido pela comunidade internacional em Tobruk e outro na capital.

 

Fonte: Da AFP