Publicado em 25/04/2016 as 7:00pm

Ex escrava abolicionista irá estampar as novas notas de US$20

Harriet Tubman será a primeira mulher negra a estampar as notas de dólares

Após muita polêmica, pela primeira vez na história dos Estados Unidos a imagem de uma mulher negra irá estampar as notas de dólares. Semana passada o Departamento do Tesouro americano anunciou a troca de imagem nas notas de US$20, que atualmente são estampadas com a imagem do presidente americano Andrew Jackson. A mulher em questão é a ex-escrava Harriet Tubman, que será a primeira mulher em cem anos a estampar uma nota de dólar. A decisão foi tomada após o Tesouro ser pressionado a colocar a imagem de uma mulher em uma nota diferente da de US$ 10. Em breve também serão anunciadas as mudanças nas notas de US$ 20, US$ 10 e US$ 5.

Harriet Tubman foi uma ex-escrava e abolicionista com importante papel nas causas femininas da época. Nascida no ano de 1822 ganhou a liberdade ao fugir para o Norte do país e, depois, ajudou negros, sendo notoriamente conhecida por seu papel abolicionista. Além de ativista humanitária, Harriet desempenhou papel crucial como espiã para a União durante a Guerra Civil americana, tendo ainda lutado pelo direito ao voto feminino ela morreu no ano de 1913.

A escolha pela imagem de Harriet não foi aleatória, houve uma votação com 600 mil pessoas organizada pelo grupo Women on 20s (W20) no ano passado, para definir uma personalidade feminina representativa para a ilustrar a nota de US$ 20. A ex escrava desbancou outras grandes personalidades femininas, tais como, como a primeira-dama e ativista Eleanor Roosevelt, a ícone dos direitos civis Rosa Parks e a primeira chefe da nação Cherokee Wilma Mankiller.

Fonte: Thais Partamian Victorello