Publicado em 4/05/2016 as 10:30pm

Indocumentado é preso por atirar em um policial e um k-9 em Springfield (MA)

O suspeito foi identificado como Mohamed Fofanah, 35 anos, de Hartford (Connecticut), e foi indiciado por vários crimes

Um homem, que é acusado de atirar em um policial estadual e seu cão, na manhã de sábado, dia 30 de abril, foi identificado como um imigrante indocumentado que agora foi colocado em processo de deportação. As informações são da Massachusetts State Police.

O suspeito foi identificado como Mohamed Fofanah, 35 anos, de Hartford (Connecticut), e foi indiciado por vários crimes de lesão corporal e agressão com arma de fogo, além de tentativa de homicídio, atirar com arma de fogo em uma área urbana, abandonar a cena do crime e maus-tratos a um cão policial.

A Polícia Estadual descobriu que Fofanah é um “criminoso deportado” com base em delitos criminais que ele cometeu no estado de Connecticut. Após a sua prisão em Springfield, o Immigration and Customs Enforcement (ICE) foi acionado e entrou com um pedido de custódia do imigrante.

Este pedido faz com que a polícia local mantenha o acusado preso por pelo menos 48 horas até que sejam realizados os trâmites legais e a agência assuma a custódia do criminoso para iniciar o processo de deportação.

De acordo com o porta-voz da Polícia Estadual, David Procopio, o imigrante é de Serra Leona. “No momento de sua prisão, ele estava usando um bracelete de monitoramento eletrônico e já tinha sido identificado pelo ICE para deportação”, disse.

De acordo com os relatórios do Tribunal de Connecticut, o imigrante foi condenado em 2010 a cinco anos de prisão por porte ilegal de arma de fogo. A sentença foi suspensa e ele colocado em liberdade condicional em dezembro de 2013.

A PRISÃO EM MASSACHUSETTS

De acordo com o relatório, a polícia foi chamada para ajudar na localização de um motorista que fugiu do local de um acidente. Os oficiais encontraram o carro abandonado na East Columbus, em Springfield. O policial David Stucenski e seu parceiro k-9 Frankie, rastrearam o procurado e acharam o imigrante.

Mas quando o policial ordenou que ele parasse, o imigrante se virou e atirou contra os dois. Neste momento o k-9 avançou e atacou Fofanah até que ele largasse a arma. “O acusado tentou sufocar o cão durante a luta”, relatou o oficial.

Outros policiais chegaram ao local e o imigrante dominado e depois levado para ser medicado no Baystate Medical Center, por pequenas mordidas sofridas durante a luta com o animal. Agora Fofanah aguarda decisão da justiça para o início de sua deportação.

Fonte: braziliantimes.com