Publicado em 1/11/2016 as 12:00pm

NY condena restaurante do chef Daniel a pagar US$ 1,3 milhão a cliente

Prato 'coq au vin' continha cerda de metal de escova de aço de 2,5 cm. Cliente foi hospitalizado e tribunal de NY considerou restaurante 'negligente'.

Uma cerda de metal em um "coq au vin" está custando muito caro ao chef francês Daniel Boulud: um de seus restaurantes de Nova York foi condenado a pagar US$ 1,3 milhão de indenização a um cliente.

Barry Brett foi em 28 de fevereiro de 2015 ao restaurante Bistro Moderne, na Rua 44, onde pediu um "coq au vin", e logo após começar a comer sentiu algo estranho na garganta, abandonando o restaurante em seguida, revela a ação judicial contra o estabelecimento. Ele foi a um hospital, onde um cirurgião removeu de sua garganta uma cerda de metal de 2,5 cm, proveniente de uma escova de aço de limpeza de baixa qualidade.

Em sua decisão, o tribunal de Nova York considerou que o restaurante foi "negligente" e o condenou a pagar uma indenização de US$ 1,3 milhão por danos e prejuízos.

O restaurante não fez comentários, mas segundo um de seus advogados, apelará da sentença.

Daniel Boulud integrava no ano passado a lista Le Chef dos 100 chefs do mundo com passagem obrigatória por seus restaurantes, exatamente na 36ª posição. Ele possui 10 restaurantes em Nova York, dos quais "Daniel" é o mais famoso, e outros 20 no restante do mundo.

Fonte: Da France Presse