Publicado em 9/11/2016 as 4:00pm

Agente é homenageado por salvar imigrantes que tentavam atravessar a fronteira

O agente foi presenteado com o emblema do Congresso da lei de Execução de Bravura

O agente da Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos, Julian T. LiDrazzah, recebeu uma homenagem por um ato heroico que salvou a vida de uma mãe uma criança no Rio Grande, na fronteira com o México. O evento aconteceu no dia 2 de novembro.

O agente foi presenteado com o emblema do Congresso da lei de Execução de Bravura e foi entregue por Ana Maria Garcia, diretora regional do escritório do Senador John Cornyn, no Sul do Texas. Também estava na cerimônia de homenagem o Chefe do setor de fronteira da região do Del Rio, Matthew J. Hudak.

O ato realizado pelo agente foi no dia 11 de abril de 2014, quando ele arriscou a sua vida para salvar a mulher e o filho que ficaram presos no Rio Grande, devastado por uma inundação.

Segundo a citação, o agente respondeu a um chamado de que 11 pessoas tentavam atravessar o Rio Grande, próximo a Eagle Pass. Naquela época. Chuvas e inundações elevaram o nível do rio e a correnteza estava mais forte, tornando o local mais perigosos do que o habitual.

O agente viu a mulher e a criança presos em uma parte do rio e não pensou duas vezes. Se jogou na água e nadou cerca de 25 metros para chegar onde estacam os dois e salvá-los. Sem hesitação, LiDrazzah lutou contra as correntes ferozes para chegar à mãe e ao filho e puxá-los para a costa.

Uma vez em terra, LiDrazzah administrou imediatamente tratamento de emergência à criança assustada e à mãe perturbada. Por causa das ações rápidas do agente, eles não sofreram nenhum mal. "O ato de heroísmo do agente LiDrazzah é um indicativo do seu caráter ", disse o chefe Hudak em uma declaração escrita. "Colocar as vidas de estranhos acima da sua própria não só demonstra a alta consideração do agente pela vida humana, mas serve como um exemplo de um verdadeiro ato humanitário que orgulha a Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos", continuou.

Fonte: Da redação