Publicado em 27/12/2016 as 12:00pm

Trump: "ONU se tornou um clube para pessoas se reunirem e conversarem"

Donald Trump criticou a ONU por aprovar resolução contra assentamentos israelenses. EUA se abstiveram e não vetaram o projeto

O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, se referiu à ONU como "muito triste", ao comentar aprovação da resolução do Conselho de Segurança que proibiu Israel de construir assentamentos em territórios palestinos, apesar da pressão israelense e de Donald Trump para que Washington fizesse o uso do veto.

"As Nações Unidas têm um potencial tão grande, mas agora é apenas um clube para pessoas se reunirem, conversarem e passarem um bom tempo. Muito triste", disse Trump em publicação no Twitter.

Anteriormente, o republicano já havia se manifestado contra a decisão da ONU, afirmando que a resolução contra os assentamentos israelenses dificultaria as negociações de paz no Oriente Médio.

Na última sexta-feira (23) o Conselho de Segurança adotou uma resolução exigindo a interrupção "completa e imediata" da construção de assentamentos em territórios palestinos.

Parceiros históricos de Israel, os Estados Unidos surpreenderam ao não utilizar o uso do veto na votação do projeto, que passou com 14 votos a favor e uma abstenção.

Anteriormente, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou que teve promessas de congressistas e membros da futura administração presidencial de Donald Trump de que os EUA iam usar todos os meios para reverter resolução contra os assentamentos israelenses. (SputnikBrasil)

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br