Publicado em 2/05/2017 as 6:00pm

Café da manhã está ligado ao desempenho escolar

Para começar com o pé direito:? a importância do café da manhã para as crianças

Todo mundo já ouviu dizer que o café da manhã é a refeição mais importante do dia, tanto para crianças quanto para adultos. Após as horas em jejum por causa do sono, é necessário presentear o corpo com nutrientes, o que inclui carboidratos e proteínas, para que haja um funcionamento cerebral saudável e eficiente. Anne Porto Dalla Costa (CRN2 12075), nutricionista e mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos, explica porque o desjejum é essencial para os pequenos.

Conheça mais sobre a campanha Obesidade Infantil Não, acesse: www.obesidadeinfantilnao.com.br

A IMPORTÂNCIA DO TEMPO

O café da manhã está diretamente ligado a um bom desempenho escolar. De acordo com Anne, para as crianças que estudam no turno matutino, a refeição auxilia no despertar. Por isso, é preciso sentar à mesa com calma e comer sem pressa - e é responsabilidade dos pais incluir esse tempo na rotina.

SEM FOME PELA MANHÃ? CUIDADO COM A JANTA!

Anne salienta que uma queixa comum dos pais é a criança não sentir fome pela manhã. Ela explica que, nesse momento, o cardápio da janta deve ser avaliado. “Na maioria das vezes, o jantar é muito pesado, rico em carboidratos refinados e gorduras ruins (como lanches). Adaptando esse jantar, a criança acordará com mais apetite para o café da manhã”, explica.

PREVENÇÃO DA OBESIDADE INFANTIL

O café da manhã promove uma saciedade da fome, o que evita o consumo excessivo de alimentos mais calóricos e pouco saudáveis, que são comuns no intervalo da escola, como salgados, refrigerantes e biscoitos recheados.

ALIMENTAÇÃO ADEQUADA DURANTE O DIA TODO

Assim como os adultos, as refeições das crianças devem ser dividas entre café da manhã, almoço e jantar. Durante os intervalos, pequenos lanches devem ser oferecidos, como frutas, castanhas, iogurtes e batidas. “As quantidades terão uma variação de acordo com a faixa etária, as atividades que realiza, além da condição corporal e de saúde da criança”, complementa Anne.

O QUE COMER NO CAFÉ DA MANHÃ?

Para os pequenos, é primordial que comam uma porção de carboidratos (fruta, bolo caseiro, tapioca, aveia, pão caseiro ou integral) e uma porção de proteína (queijo, iogurte e ovo).

O QUE NÃO PODE FALTAR?

Além dos carboidratos, Anne cita o ovo com um alimento essencial para as crianças. Ele possui inúmeros benefícios: o corpo consegue reconhecer e absorver seus nutrientes muito bem e suas gorduras auxiliam na proteção das células. Além disso, é rico em minerais e vitaminas, destacando-se o ferro (responsável pela saúde do sangue e transporte de oxigênio), fósforo (formação de ossos e dentes), zinco (sistema imunológico), complexo B (sistema nervoso) e vitamina D (absorção do cálcio e saúde dos ossos). A colina, um componente da gema, é importante para o desenvolvimento normal do cérebro e do sistema nervoso, especialmente durante a gestação e nos primeiros anos de vida.

CAFÉ DA MANHÃ, MAS SEM CAFÉ!

Para as crianças, nada de cafeína, presente em chás pretos, refrigerantes, chocolate e chimarrão, principalmente perto das refeições. “Além de ter um efeito estimulante, a cafeína pode atrapalhar a absorção de minerais muito importantes como ferro e cálcio. Por terem um peso corporal menor do que de um adulto, é fácil que as crianças excedam uma quantidade segura de cafeína, mesmo consumindo poucos destes alimentos, podendo causar insônia, agitação e irritabilidade”, explica Anne.

Fonte: www.msn.com