Publicado em 8/08/2017 as 9:00am

Irã testa míssil com alvo coberto pela bandeira dos EUA

Segundo general da Força Aérea iraniana, a Guarda Revolucionária do país permite que a nação possa 'resistir ante os inimigos gananciosos, especialmente os EUA'.

O Irã realizou neste domingo (6) um teste balístico com um míssil de produção caseira, sob a supervisão de oficiais militares, na aldeia de Kiasar, na província iraniana de Mazandaran. O detalhe curioso é que o alvo do míssil foi coberto com uma bandeira dos Estados Unidos. Segundo as autoridades locais, o teste foi considerado bem sucedido.

De acordo com um dos engenheiros responsáveis pelo projétil, o desenvolvimento do míssil levou três anos.

“Temos mísseis com capacidades superiores e, com a vontade de Deus, iremos apresentá-los nos próximos anos”, afirmou.

O general da Força Aérea iraniana, Amir Ali Hajizadeh, destacou ainda a Guarda Revolucionária do país, que permite ao Irã ter “o maior poder da região”, permite à nação “poder resistir ante os inimigos gananciosos, especialmente os EUA”.

Desde que Donald Trump assumiu a Presidência estadunidense, as relações com os iranianos pioraram significamente, e recentemente a Casa Branca aplicou novas sanções contra Teerã. Segundo especula-se, o próximo passo é rever o acordo nuclear, firmado pelo seu antecessor Barack Obama, junto ao governo iraniano.

Fonte: noticiasaominuto.com.br