Publicado em 31/08/2017 as 5:00pm

Harvey força fechamento da maior refinaria dos EUA

Segundo a petrolífera Saudi Aramco, responsável pela empresa, a decisão foi necessária "em resposta às crescentes condições de alagamento".

Harvey força fechamento da maior refinaria dos EUA Harvey, a refinaria, que fica a cerca de 145 quilômetros de Houston, já havia começado a reduzir a produção ontem, à medida que chuvas alagaram a região. Foto Adrees Latif-Reuters

A maior refinaria dos EUA, que fica em Port Arthur, no Texas, iniciou hoje o fechamento total de suas operações devido à inundação causada pela passagem da tempestade tropical Harvey, que chegou à região na forma de furacão no fim de semana.

Em comunicado divulgado por e-mail, a Motiva, controlada pela petrolífera estatal saudita Saudi Aramco, informou que o fechamento controlado de sua refinaria de Port Arthur, com capacidade de processamento de 603 mil barris por dia, começou às 3h (do horário de Brasília), “em resposta às crescentes condições de alagamento”.

Segundo a Motiva, a refinaria permanecerá inativa até que as águas recuem. “Nossa prioridade continua sendo a segurança de nossos funcionários e comunidade”, afirmou a empresa.

A refinaria, que fica a cerca de 145 quilômetros de Houston, já havia começado a reduzir a produção ontem, à medida que chuvas alagaram a região.

A segunda maior refinaria do país, uma unidade em Baytown pertencente à ExxonMobil e com capacidade de 560 mil barris por dia, está fechada desde domingo.

Outras refinarias pequenas que ficam ao longo da costa do Texas também interromperam as operações. Com isso, a capacidade total de refino dos EUA foi reduzida em cerca de 3 milhões de barris por dia, o equivalente a cerca de 20% do total. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte: Por Estadão Conteúdo